FreeRapid Downloader – Software livre para baixar arquivos do RapidShare, Megaupload e outros sites

Há poucos anos atrás, os sites de compartilhamento de arquivos tornaram-se populares. Sua proposta é tentadora: você pode enviar e baixar arquivos pequenos, médios ou grandes utilizando apenas seu navegador de internet. As vantagens são imensas: você pode, por exemplo, enviar relatórios ou arquivos importantes para o site através deum link que só você conhece e baixá-los onde estiver. Você também pode enviar seus arquivos para o site e compartilhar o link de download com um grupo de pessoas. Mais fácil impossível.

No entanto, com o crescimento da demanda, os sites de compartilhamento criaram alguns inconvenientes que não agradaram seus usuários, por exemplo: limitar a velocidade de download para clientes gratuitos, impedir os clientes gratuitos de baixar mais de um arquivo ao mesmo tempo, limitar o horário no qual usuários de um determinado país ou região podem baixar arquivos, limitar o número máximo de downloads por dia ou hora ou exigir que os usuários digitem códigos de verificação para proceder ao download ou instalam barras de ferramentas que, muitas vezes, também instalam vírus, adwares e malwares em geral.

Devido a isso, surgiram N soluções para burlar os sistemas desses sites, desde códigos em JavaScript a programas executáveis. Obviamente, os sites bloquearam rapidamente a ação de tais “soluções”. Alguns gerenciadores de download são realmente eficientes, mas existem apenas para a plataforma Windows, sendo que os usuários de software livre ficam de fora. Pois não é que navegando na Internet, eu descobri justamente o que estava faltando para nós? Chama-se FreeRapid Downloader.

FreeRapid Downloader é um programa que faz download de arquivos armazenados em sites de compartilhamento. Sua principal vantagem é que ele é escrito em Java e, portanto, roda em qualquer sistema operacional que tenha alguma JVM instalada.

A lista de sites que ele suporta é enorme e está crescendo a cada dia, indo dos famosos RapidShare, MegaUpload,  Megarotic, SendSpace e Easy-Share até os desconhecidos CobraShare e Iskladka.cz. Ele suporta downloads simultâneos de serviços diferentes, download com proxy, desligamento automático do sistema e muito mais. Sua principal vantagem é permitir a interrupção dos downloads, mesmo que o serviço não ofereça esse recurso para contas gratuitas.

Ele é um software livre sob os termos da GPLv2 e, segundo o autor, foi criado porque ele não queria ser dependente dos softwares russos, que provavelmente vêm cheios de malware e spyware.

ATENÇÃO: É de conhecimento de todos que a maioria dos sites de compartilhamento hospeda um grande número de arquivos ilegais, o que inclui cópias não autorizadas de filmes, livros e softwares proprietários, embora possam ser utilizados para fins legítimos. Você não deve utilizar o FreeRapid Downloader para baixar materiais protegidos por direitos autorais que você não tenha permissão de cópia, distribuição ou utilização.

O download e instalação é bem simples: basta ir em http://wordrider.net/freerapid/download.html e clicar no link FreeRapid-0.8.zip (no momento, a versão mais atual), que tem 5,2 MB.

Após baixar, extraia o ZIP para seu desktop ou outro local de sua preferência; Será criada uma pasta chamada FreeRapid-0.8. Entre nessa pasta e execute o programa:

Se você usa Windows, clique duas vezes no arquivo frd.exe
Se você usa GNU/Linux, dê permissão de execução para o arquivo frd.sh e rode o comando ./frd.sh
Se você usa outro sistema operacional, digite em um terminal: java -jar frd.jar

(Eu mencionei que tem que ter o Java instalado, não?)

Após executar o programa, você verá essa tela:


Para adicionar uma nova URL, clique no botão Add Url. Você verá a seguinte caixa de diálogo:

Perceba que ele pode capturar os links da área de transferência.

Em Links, você deve colar os links que deseja baixar. Em Save To, escreva a pasta na qual eles deverão ser salvos. Se preferir, clique no botão … ao lado da caixa de texto. Em Description, você pode escrever um breve texto para descrever o que está baixando. Após fazer isso, clique em Start para que o programa comece a trabalhar.

Ao clicar em Options – Preferences, você obtém uma janela que permite configurar o comportamento do programa. Perceba que a janela é similar à do famoso navegador Mozilla Firefox.

Na aba General, temos acesso às opções de configuração gerais do programa:

Check for new version automatically – Marque se quiser que o programa verifique se há uma nova versão dele ou de seus plugins disponíveis quando for iniciado.

Allow only one instance – Se marcado, impede que você possa rodar o programa duas ou mais vezes ao mesmo tempo.

Use Downloads history – Grava os downloads que você fez.

Language – Permite selecionar o idioma da Interface – o Português do Brasil ainda não está disponível, mas segundo o site a tradução já está em andamento.

Check for file existence on the server before downloading – Verifica se o arquivo existe no servidor antes de começar a baixá-lo.

Continue with interrupted downloads when application starts – Continua os downloads que você pausou quando o programa for iniciado.

Re-check for the file existence on the server when application starts – Verifica novamente se o arquivo existe no servidor quando o programa é iniciado.

Process downloads from the top – Não sei o que isso faz exatamente, mas deve estar relacionado à ordem de download…

Perform auto shutdown action only once – Acredito que, aí, ele tente desligar a máquina automaticamente apenas uma vez.

If a filename already exists – Permite que você possa escolher a ação que o programa tomará se o nome de um arquivo que foi baixado já existir na pasta.

Remove completed dowloads – Permite escolher quando downloads completos serão removidos.

Na tela Connections, é possível gerenciar como o programa se conecta à internet:

Max concurrent downloads at a time – Permite definir o máximo de downloads que o programa realizará ao mesmo tempo.

Use default system connection – Se marcado, usa a conexão padrão do sistema, se não, você pode configurar um proxy pelo botão Configure proxy.

Use Proxy List – Se você quiser usar mais de um proxy, pode escrever os endereços deles num arquivo no formato mostrado na janela e indicar esse arquivo no campo correspondente. Assim, o programa usará os proxys adicionais que você definiu.

Error attempts count – Permite decidir quantas vezes o programa tentará se reconectar a um servidor se houver um erro. 0 desliga as tentativas de reconexão e -1 faz o programa tentar se reconectar indefinidamente. Não use -1, senão, ele poderá ficar a noite toda tentando se conectar a um único  servidor 😉

Autoreconect time – Permite especificar quantos segundos o programa vai esperar entre duas tentativas de conexão.

A janela Alerts permite configurar os sons que o programa emite:

Em UI Settings, você pode configurar a interface do programa:

Você poderá escolher uma skin para o aplicativo através da lista Look and Feel.

Já na tela plugins, é possível ver e gerenciar os plugins e suas atualizações:

Um plugin é um pequeno arquivo que dá ao FreeRapid Downloader as instruções sobre como ele deve baixar uma URL. Você pode desativar algum específico ao desmarcar a checkbox na coluna X e impedir que o sistema verifique se há alguma atualização ao desmarcar a caixa na coluna U.

Já em Misc há opções relacionadas à descrição dos arquivos e opções avançadas.

Conclusão

O FreeRapid Downloader é um software livre, leve e prático que, mesmo ainda estando em desenvolvimento e com algumas características ausentes, poderá ser uma mão na roda para pessoas que costumam baixar arquivos de sites de compartilhamento.

Habilitando o login gráfico no Slackware

Embora haja um post chamado “Pós-configuração do Slackware 12” que exploque isso, aí vai, de novo, o que você precisa fazer:

Como root, preferencialmente no modo texto, digite:

# nano /etc/inittab

Procure a linha:

id:3:initdefault

E substitua por

id:4:initdefault

Salve o arquivo, reinicie a máquina e seja feliz.

Observação: não se esqueça de rodar o xorgsetup primeiro.

Publicado em Slackware. 1 Comment »

Descobri um erro no instalador do Mandriva

O instalador em modo gráfico do Mandriva Linux  faz tudo que promete, mas parece que os franceses deixaram o instalador em modo texto um pouco de lado, senão, leia essa mensagem digna do site The Daily WTF:

Impressionante: a mensagem diz que, após inserirmos o CD, temos que clicar am O ou, se não o tivermos, em Cancelar. Mas os botões que existem são Anterior e Próximo!

Claro que nenhum usuário deve ser tapado o suficiente para saber que deve clicar em Próximo, mas custava revisar um pouco mais a tradução?

Outra: até os 88%, ele instala tudo direitinho do CD 1; Depois, ele pede o CD 2; Aí ele instala TRÊS pacotes e pede o CD 1 de novo, aí instala mais meia dúzia de pacotes e vai o CD 2, aí instala mais um pouquinho e termina no CD 1. Eles podiam ser um pouco mais organizados, não é mesmo?

Apesar disso, o sistema é excelente.

Feliz Natal!

Para comemorar a chegada dessa data Cristã, aqui vai uma lista, retirada do site http://www.santas.net/ , que diz como “Feliz Natal” é dito nos vários idiomas do mundo:

Afrikaans: Geseënde Kersfees
Afrikander: Een Plesierige Kerfees
African/ Eritrean/ Tigrinja: Rehus-Beal-Ledeats
Albanian:Gezur Krislinjden
Arabic: Milad Majid
Argentine: Feliz Navidad
Armenian: Shenoraavor Nor Dari yev Pari Gaghand
Azeri: Tezze Iliniz Yahsi Olsun
Bahasa Malaysia: Selamat Hari Natal
Basque: Zorionak eta Urte Berri On!
Bengali: Shuvo Naba Barsha
Bohemian: Vesele Vanoce
Bosnian: (BOSANSKI) Cestit Bozic i Sretna Nova godina
Brazilian: Feliz Natal
Breton: Nedeleg laouen na bloavezh mat
Bulgarian: Tchestita Koleda; Tchestito Rojdestvo Hristovo
Catalan: Bon Nadal i un Bon Any Nou!
Chile: Feliz Navidad
Chinese: (Cantonese) Gun Tso Sun Tan’Gung Haw Sun
Chinese: (Mandarin) Kung His Hsin Nien bing Chu Shen Tan (Catonese) Gun Tso Sun Tan’Gung Haw Sun
Choctaw: Yukpa, Nitak Hollo Chito
Columbia: Feliz Navidad y Próspero Año Nuevo
Cornish: Nadelik looan na looan blethen noweth
Corsian: Pace e salute
Crazanian: Rot Yikji Dol La Roo
Cree: Mitho Makosi Kesikansi
Croatian: Sretan Bozic
Czech: Prejeme Vam Vesele Vanoce a stastny Novy Rok
Danish: Glædelig Jul
Duri: Christmas-e- Shoma Mobarak
Dutch: Vrolijk Kerstfeest en een Gelukkig Nieuwjaar! or Zalig Kerstfeast
English: Merry Christmas
Eskimo: (inupik) Jutdlime pivdluarit ukiortame pivdluaritlo!
Esperanto: Gajan Kristnaskon
Estonian: Rõõmsaid Jõulupühi
Ethiopian: (Amharic) Melkin Yelidet Beaal
Faeroese: Gledhilig jol og eydnurikt nyggjar!
Farsi: Cristmas-e-shoma mobarak bashad
Finnish: Hyvaa joulua
Flemish: Zalig Kerstfeest en Gelukkig nieuw jaar
French: Joyeux Noel
Frisian: Noflike Krystdagen en in protte Lok en Seine yn it Nije Jier!
Galician: Bo Nada
Gaelic: Nollaig chridheil agus Bliadhna mhath ùr!
German: Fröhliche Weihnachten
Greek: Kala Christouyenna!
Haiti: (Creole) Jwaye Nowel or to Jesus Edo Bri’cho o Rish D’Shato Brichto
Hausa: Barka da Kirsimatikuma Barka da Sabuwar Shekara!
Hawaiian: Mele Kalikimaka
Hebrew: Mo’adim Lesimkha. Chena tova
Hindi: Shub Naya Baras (good New Year not Merry Christmas)
Hausa: Barka da Kirsimatikuma Barka da Sabuwar Shekara!
Hawaian: Mele Kalikimaka ame Hauoli Makahiki Hou!
Hungarian: Kellemes Karacsonyi unnepeket
Icelandic: Gledileg Jol
Indonesian: Selamat Hari Natal
Iraqi: Idah Saidan Wa Sanah Jadidah
Irish: Nollaig Shona Dhuit, or Nodlaig mhaith chugnat
Iroquois: Ojenyunyat Sungwiyadeson honungradon nagwutut. Ojenyunyat osrasay.
Italian: Buone Feste Natalizie
Japanese: Shinnen omedeto. Kurisumasu Omedeto
Jiberish: Mithag Crithagsigathmithags
Korean: Sung Tan Chuk Ha
Lao: souksan van Christmas
Latin: Natale hilare et Annum Faustum!
Latvian: Prieci’gus Ziemsve’tkus un Laimi’gu Jauno Gadu!
Lausitzian:Wjesole hody a strowe nowe leto
Lettish: Priecigus Ziemassvetkus
Lithuanian: Linksmu Kaledu
Low Saxon: Heughliche Winachten un ‘n moi Nijaar
Macedonian: Sreken Bozhik
Maltese: IL-Milied It-tajjeb
Manx: Nollick ghennal as blein vie noa
Maori: Meri Kirihimete
Marathi: Shub Naya Varsh (good New Year not Merry Christmas)
Navajo: Merry Keshmish
Norwegian: God Jul, or Gledelig Jul
Occitan: Pulit nadal e bona annado
Papiamento: Bon Pasco
Papua New Guinea: Bikpela hamamas blong dispela Krismas na Nupela yia i go long yu
Pennsylvania German: En frehlicher Grischtdaag un en hallich Nei Yaahr!
Peru: Feliz Navidad y un Venturoso Año Nuevo
Philipines: Maligayan Pasko!
Polish: Wesolych Swiat Bozego Narodzenia or Boze Narodzenie
Portuguese:Feliz Natal
Pushto: Christmas Aao Ne-way Kaal Mo Mobarak Sha
Rapa-Nui (Easter Island): Mata-Ki-Te-Rangi. Te-Pito-O-Te-Henua
Rhetian: Bellas festas da nadal e bun onn
Romanche: (sursilvan dialect): Legreivlas fiastas da Nadal e bien niev onn!
Rumanian: Sarbatori vesele or Craciun fericit
Russian: Pozdrevlyayu s prazdnikom Rozhdestva is Novim Godom
Sami: Buorrit Juovllat
Samoan: La Maunia Le Kilisimasi Ma Le Tausaga Fou
Sardinian: Bonu nadale e prosperu annu nou
Serbian: Hristos se rodi
Slovakian: Sretan Bozic or Vesele vianoce
Sami: Buorrit Juovllat
Samoan: La Maunia Le Kilisimasi Ma Le Tausaga Fou
Scots Gaelic: Nollaig chridheil huibh
Serbian: Hristos se rodi.
Singhalese: Subha nath thalak Vewa. Subha Aluth Awrudhak Vewa
Slovak: Vesele Vianoce. A stastlivy Novy Rok
Slovene: Vesele Bozicne Praznike Srecno Novo Leto or Vesel Bozic in srecno Novo leto
Spanish: Feliz Navidad
Swedish: God Jul and (Och) Ett Gott Nytt År
Tagalog: Maligayamg Pasko. Masaganang Bagong Taon
Tamil: (Tamizh) Nathar Puthu Varuda Valthukkal (good New Year not Merry Christmas)
Trukeese: (Micronesian) Neekiriisimas annim oo iyer seefe feyiyeech!
Thai: Sawadee Pee Mai or souksan wan Christmas
Turkish: Noeliniz Ve Yeni Yiliniz Kutlu Olsun
Ukrainian: Srozhdestvom Kristovym or Z RIZDVOM HRYSTOVYM
Urdu: Naya Saal Mubarak Ho (good New Year not Merry Christmas)
Vietnamese: Chuc Mung Giang Sinh
Welsh: Nadolig Llawen
Yoruba: E ku odun, e ku iye’dun!

Chegou o Verão!

E com ele tambem chegam os pedágios, os congestionamentos na estrada, os bichos geográficos no pé, a empregada cobrando hora-extra.

Verâo também é sinônimo de pouca roupa e muito chifre, pouca cíntura e muita gordura, pouco trabalho e muita micose.

Verao é picolé de Ki-suco no palito recíclado, é milho cozìdo na água da torneìra, é coco verde aberto pra comer a gosminha branca.

Verao é prisão de ventre de uma semana e pé inchado que não entra no tënis.
Mas o principai, o ponto alto do verao é… a praia!! Ah, como é bela a praia!
Os cachorros fazem cocô e as críanças pegam pra fazer coleção.

Os casais jogam frescobol e acertam a bolinha na cabeça das pessoas.

Os jovens de jet skì atropelam os surfistas, que por sua vez, miram a prancha para abrir a cabeça dos banhistas.

Todo mundo nu de pele vermelha. As mulheres de tanga, os homens de calção – tâo justo que dá até pra ver o veneno da flecha, e todo mundo se comendo cru.
O melhor programa pra quem vai à praia é chegar bem cedo, antes do sorveteiro, quando o sol ainda está fraco e as famílias estão chegando.Muito bonito ver aquelas pessoas carregando vinte cadeiras, três geladeiras de isopor, cinco guarda-sois, raquete, frango, farofa,toalha, bola, balde, chapeu e prancha, acreditando que estao de férias.Em menos de cinquenta minutos, todos já estão instalados, besuntados e prontos para enterrar a avó na areia.

E as crianças? Ah, que gracinha! Os bebês chorando de desídratação, as crianças pequenas se socando por uma conchinha do mar, os adolescentes ouvindo walkman enquanto dormem.

As mulheres também tem muita dìversão na praia, como buscar o filho afogado e caminhar vinte quilômetros pra encontraro outro pé do chinelo.
Já os homens ficam com as tarefas mais chatas, como perfurar um poço para fincar o cabo do guarda-sol. É mais fácil achar petróleo do que conseguir fazer o guarda-sol ficar em pé.

Mas tudo isso não conta, diante da alegria, da felicidade, da maravilha que é entrar no mar! Aquela água tão cristalina, que dá pra ver os cardumes de latínha de cerveja no fundo. Aquela sensação de boiar na salmoura como um pepino em conserva.
Depois de um belo banho de mar, com o rego cheio de sal e a periquita cheia de areia, vem aquela vontade de fritar na chapa. A gente abre a esteira velha, com cheiro de velório de bode, bota o chapéu, os óculos escuros e puxa um ronco bacaninha. Isso é paz,isso é amor, isso é o absurdo do calor.

Mas, claro, tudo tem seu lado bom. E à noite o sol vai embora. Todo mundo volta para casa, toma banho e deixa o sabonete cheio de areia para o próximo. O xampu acaba e a gente acaba lavando a cabeça com qualquer coisa, desde o creme de barbear até desinfetante de privada. As toalhas, com aquele cheirinho de mofo que só a casa de praia oferece.

Aí, uma bela macarronada para entupir o bucho e uma dormidinha na rede pra adquirir um bom torcicolo. O dia termina com uma boa rodada de tranca e uma briga em família. Todo mundo vai dormir bêbado e emburrado, babando na fronha e torcendo, para que na manhã seguinte, faça aquele sol e todo mundo possa se encontrar no mesmo inferno tropical.

Eu odeio Linux…

Enquanto estou aqui tranqüilo com meu Mandriva 2009 navegando na Internet com o Mozilla Firefox, os winusers estão desesperados com uma nova falha de segurança no Internet Explorer. E eu não vou nem poder instalar a correção… aiai.

Arrumando o problema da instalação do Higher10

Como diz o ditado, na hora do teste, tudo funciona bem, mas na hora de mostrar pro chefe ou fazer o lançamento oficial…

Bem, há um pequeno erro que impede a instalação de Higher10. Se você ainda não baixou sua cópia, baixe a versão mais recente – 0.3.2.1 – do Sourceforge. Se você já baixou a versão 0.3.2, siga os passos abaixo:

1. Abra o arquivo install/create_db.php
2. Apague a linha 474, que diz $higher10->init();
3. Rode o arquivo de instalação novamente.

Certifique-se que o banco de dados já esteja criado antes de prosseguir com a instalação.