Será que o usuário de softwares livres pode assistir às olimpíadas de Pequim?

Elas estão chegando… as olimpíadas, a festa mundial do esporte, que tiveram origem na Grécia há milhares de ano, estão prestes a acontecer de novo e, mais uma vez, o Brasil vai em busca de medalhas e vitórias. Nesse meio tempo, nossa nação esquece de seus problemas políticos e sociais para torcer para algumas dezenas de homens e mulheres que sairam de nossa pátria para enfrentar desafios em uma terra distante. Este é o momento de perguntarmos: será que o usuário de softwares livres pode assistir às olimpíadas e torcer pelo Brasil?

Para responder a esta pergunta, devemos nos lembrar de três fatores importantes: o meio de transmissão dos eventos, o lugar em que eles estão sendo realizados e quem está nos representando.

Apesar de toda a cobertura que as Olimpíadas terão nos mais diferentes meios de comunicação social existentes no mundo, fica claro que a principal forma de transmissão dos eventos esportivos dar-se-à pela televisão e, com o agravante, pela Rede Globo. Já é sabido que a programação televisiva atual não possui qualidade, pois distorce a informação e passa programas mediocres em horários impróprios, os quais contribuem para um despertar prematudo da sexualidade nas crianças e adolescentes, além de despertar-lhes o gosto pela violência e atividades ilícitas, como o tráfego de drogas. Além disso, o conteúdo transmitido provavelmente será proprietário e estará protegido por DRM, que nós, usuarios de software livre, além de evitarmos, devemos combater.

A China, apesar de, pelo ponto de vista econômico, ser uma das maiores nações do planeta, internamente, continua adotando uma postura comunista, que tem como principal característica reprimir a liberdade de seus habitantes. Ano passado, por exemplo, houve uma grande polêmica envolvendo essa nação por ela ter bloqueado o acesso a sites como Wikipedia e Google por seus habitantes por considerar que o conteúdo apresentado pelos mesmos ia contra os interesses do Governo. Além do mais, ela prendeu e torturou monges tibetanos que, acima de tudo, queriam apenas sua liberdade.

E, finalmente, chegamos ao Brasil. Para falar do Brasil, devemos nos lembrar da Copa do Mundo de 2006: após a vergonhosa derrota da seleção, a maioria dos jogadores simplesmente continuou na Europa porque já morava lá e encarou o evento como apenas “mais um”.

Ou seja, os representantes do Brasil nessas olimpíadas simplesmente não nos representam! Eles, em sua maioria, fazem parte de uma elite e estão jogando simplesmente para agregar valor à sua imagem, buscando apenas aumentar seus ganhos com patrocínios e campanhas publicitárias, ignorando todas as esperanças dos milhões de brasileiros que torcem por eles e que, mesmo que trabalhem a vida toda, não alcançaram seu status social.

Assim, concluímos que o usuário de softwares livres não deve assistir às Olimpíadas de Pequim e, muito menos, torcer pelo Brasil, pois, ao prestigiar o evento, o usuário estará se contradizendo em relação à Liberdade que defende e/ou usufrui, visto que o país-sede das olimpíadas reprime a liberdade de expressão de seu povo. Além do mais, a seleção brasileira não nos representa e eventos esportivos dessa espécie interessam apenas às grandes corporações.

É necessário que eduquemos os novos usuários de software livre, pois não basta apenas usar uma distribuição mas, sim, possuir e manter uma postura, afastando de si tudo que não possui qualidade e limita a mente. Logo, você, como usuário de software livre, deve evitar ao máximo assistir televisão, ressalvando-se poucos programas de qualidade, e passar a maior parte do tempo lendo ou se informando de outras formas.

Que tal fazermos uma Olimpíada da Liberdade, onde ajudaremos usuários de sistemas e programas proprietários a conhecer todas as vantagens do mundo GNU/Linux?

Nota: parabéns aos que conseguiram perceber a ironia no texto…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: