egg-attack : atire ovos em Steve Ballmer

Essa gente não perde tempo mesmo! Desconte toda sua raiva da Microsoft aqui:

http://www.egg-attack.com/

Anúncios

Montando seu pendrive/MP3 player no Slackware

Aqui vai uma dica sobre como você pode usar seu pendrive, MP3 player e afins no Slackware.

Primeiro, você deve ter certeza que os módulos relativos a dispositivos de armazenamento usb serão carregados no boot. Para isso, edite, como root, o arquivo /etc/rc.d/rc.modules. Encontre a linha

#/sbin/modprobe usb-storage

e remova o # de seu início, descomentando-a. Adicione, após essa linha, as duas seguintes:

/sbin/modprobe usb-ohci
/sbin/modprobe usbcore

Reinicie o micro e os módulos serão carregados. Pronto, seu Slackware está pronto para reconhecer dispositivos de armazenamento usb.

Agora, ainda como root, crie a pasta na qual serão montados os arquivos do pendrive:

# mkdir /mnt/pendrive

Plugue seu pendrive. Se o KDE se oferecer para abrí-lo, recuse, pois isso ainda não funciona. Agora, dê um dmesg para saber onde o kernel colocou o seu dispositivo, geralmente /dev/sda, o que significa que ele será montado em /dev/sda1, que é a primeira partição, mas isso pode variar! De posse dessa informação, como root, digite:

# nano /etc/fstab

E acrescente essa linha no final do arquivo:

/dev/sda1        /mnt/pendrive    vfat        noauto,users,rw  0   0

Isso significa que o dispositivo /dev/sda1 será montado em /mnt/pendrive com sistema de arquivos vfat de forma não automática, com acesso de leitura e gravação para todos os usuários.

Agora, se você clicar no ícone Sistema – Mídia de Armazenamento, verá que existe um ícone para seu pendrive lá. Clique nele e veja se consegue visualizar o conteúdo do dispositivo. Se não, clique com o botão direito no ícone e escolha “remover do modo seguro”, o que irá desmontá-lo, e plugue-o novamente.

Uma vez que você tenha visto o conteúdo do pendrive, fatalmente notará que você não pode criar, copiar, mover  ou apagar arquivos dentro dele, pois essas operações resultam em acesso negado. Isso ocorre porque a pasta /mnt/pendrive possui permissão 775, o que permite a gravação dos arquivos apenas pelo dono da pasta /mnt/pendrive (root) e pelos usuários do grupo onde ele esteja (4 + 1 + 2); os outros podem apenas ver e executar arquivos (4 + 1) Para não diminuir a segurança do sistema dando um 777 na pasta, a solução é colocar o seu usuário num grupo comum do root, e o grupo criado especialmente para isso se chama… plugdev!

Vá em K – Sistema – KUser,  clique no usuário root, Usuário – Editar, aba Grupos e marque o grupo plugdev; dê OK. Faça o mesmo com seu usuário. Pronto, agora você pode usar seu pen à vontade!

Publicado em Slackware. 3 Comments »

Resolvendo os erros na inicialização do MySQL no Slackware

Como você sabe, o Slackware faz o mínimo de configurações, e é você que deve se virar para deixar o sistema redondo e do seu agrado.

Uma das maiores reclamações é quando alguém instala o MySQL e vê uma mensagem como “STOPPING server from pid file /var/run/mysql/mysql.pid 061208 23:30:45 mysqld ended” na inicialização. Isso ocorre porque o MySQL foi instalado, mas não configurado, ou seja, não possui os bancos de dados iniciais, necessários à sua inicialização.

Para resolver isso, abra um Konsole e digite:

su –
su – mysql
/usr/bin/mysql_install_db

Explicando: o primeiro comando vai torná-lo root; o segundo vai tornar o root o usuário do mysql, criado durante a instalação do pacote e o terceito é um script que instala os tais bancos de dados. Um dos erros comuns é rodar o mysql_install_db como root: esse comando deve ser dado como usuário mysql.