Chequem suas premissas!

A grande maioria das pessoas pensa que pensa, mas lá no fundo, o que essa turma faz é realinhar os seus preconceitos e paradigmas. A tendência mental das pessoas é procurar argumentos para suportar velhos mandamentos, e justificativas para promover velhas teorias, que lá no fundo, nunca foram aplicadas.

Querida(o) Amiga(o),

O ano é 1993. Um professor qualquer em uma sala de aula qualquer em uma faculdade qualquer em algum lugar qualquer do planeta, inicia a aula de planejamento estratégico com a seguinte pergunta, “O que é necessário fazer para disponibilizar todo o conhecimento do mundo totalmente de graça para todos os seres humanos do planeta em apenas 10 anos?”. Um dos 150 alunos presentes na sala de aula levanta a mão imediatamente e responde, “Professor, essa tarefa é IMPOSSÍVEL. Vai levar pelo menos 30 anos para escanear todas as páginas dos livros que existem no planeta”, “Professor, não vai rolar”, diz um outro aluno do fundão, “Vamos precisar de pelo menos 50 anos para criar um protocolo de comunicação que seja aceito pelos governos e empresas privadas dos mais de 200 países existentes no planeta”, “Professor, o quê você tá dizendo é uma PIADA”, sorri a menina mais inteligente da classe, “Qual governo, qual empresa, qual associação, qual entidade de classe, qual ONG, qual igreja, qual religião, vai conseguir levantar o dinheiro necessário para atingir esse objetivo?”.

Frustrado, o professor dá as costas para os alunos, balança a cabeça em sinal de desaprovação, cerra o punho esquerdo, e com toda força de um pugilista peso pesado, balança as cadeiras da sala de aula ao esmurrar o quadro negro, “CHEQUEM AS SUAS PREMISSAS!!!! CHEQUEM AS SUAS PREMISSAS ANTES DE RESPONDER!!!”

“Vocês estão aqui para aprender a fazer planejamento estratégico, mas até agora vocês não entenderam nada sobre planejamento estratégico. CHEQUEM SUAS PREMISSAS!!! Ninguém precisa de alguém que sabe fazer planejamento estratégico, o mundo precisa de seres humanos que sabem PENSAR ESTRATEGICAMENTE.”

“Quais são as suas premissas frente a um problema como esse???”, “Premissa Um: Eu preciso de uma equipe para escanear todos os livros de todas as bibliotecas. Premissa Dois: Eu preciso definir um protocolo de comunicação que seja aceito por 200 países e empresas privadas. Premissa Três: Eu preciso de uma entidade e dinheiro para apoiar tão extenso projeto. Premissa Quatro: Não dá para fazer nada sem esses recursos. Premissa Cinco: Dez anos é muito pouco para um projeto desse tamanho. Premissa Seis: Eu tenho que entregar exatamente o que o cliente pede. Premissa Sete: Eu sempre preciso ter todas as respostas para todas as perguntas mesmo quando alguém me aparece com uma nova pergunta.”

“CHEQUEM SUAS PREMISSAS!!!!”

“A geração de vocês é uma vergonha para o nosso país!!! O quanto preguiçosos vocês são! O quanto arrogantes vocês são! O espírito de vocês é muito fraco! A Auto-estima passou longe da casa de criação de vocês!!! É esse o exemplo que vocês vão dar aos seus filhos?

“Pois eu vos digo. O Indivíduo está prestes a consumar esse Objetivo. Enquanto vocês estão aí sentados, gulosos, comendo conhecimento para vomitar mediocridade, algum QUESTIONADOR DE PREMISSAS, nesse momento, está realizando essa façanha. Tomem nota do que eu estou dizendo!”

O ano é 1995. O homem mais rico do mundo, Bill Gates, dá a tacada de marketing mais cara da história da Microsoft até então: o lançamento do Windows 95. Em todo o planeta, pela primeira vez na história da informática, cidadãos comuns passam a noite enfileirados em frente as lojas de informática no Japão e Estados Unidos a espera da tão aguardada nova versão do Windows.

No discurso de lançamento em Seattle, Bill Gates anuncia, “O Windows 95 é o mais fantástico produto da Microsoft. Entre tantos recursos bacanas, vocês vão encontrar a Microsoft Network. Através da Microsoft Network, vocês poderão conversar e trocar informação com outras pessoas em todo o mundo. Para tanto, basta pagar 99 dólares e instalar o Windows 95 na sua máquina”.

“E a tal Internet?”, pergunta um jornalista, “Não vai acontecer”, responde Gates, “A Microsoft acredita e investe na Microsoft Network. Ninguém tem a rede de parceiros, associações, entidades, marketing, dólares e padrões de comunicação que a gente tem. A Microsoft Network é o futuro da comunicação pessoal e empresarial.”

Microsoft Network?? SIM!!! Microsoft Network. Vai me dizer que você nunca ouviu falar da Microsoft Network?

A Microsoft Network era um pequeno ícone localizado no canto direito superior da área de trabalho do Windows 95. E só. A Microsoft Network NUNCA PASSOU disso: um réles ícone que NUNCA funcionou e NUNCA serviu para nada. Nem todo o bilionário poder do marketing do Bill salvou a Microsoft Network do fiasco.

Por que a Microsoft Network não funcionou?

Enquanto o homem de negócios mais inteligente do planeta, suportado pelo poder bilionário do seu marketing, lançava no mercado mundial o produto sugerido pelos estudantes daquele professor em 1993; a INTERNET, a realização mais DESORDENADA, DESORGANIZADA, DESCORDENADA, DESHIERARQUIZADA, DESREGULAMENTADA, DESBUROCRATIZADA e DESPOLITIZADA da história da humanidade entrava no ar em vários cantos do planeta suportada apenas pela coragem empreendedora de meia dúzia de Indivíduos INDEPENDENTES, DESORGANIZADOS E DESORDENADOS.

Em apenas dez anos, de 1995 a 2005, a INTERNET atingiu o objetivo daquele professor: DISPONIBILIZAR TODO O CONHECIMENTO DA HISTÓRIA DA HUMANIDADE PARA TODAS AS PESSOAS DO PLANETA TOTALMENTE GRÁTIS.

O QUÊ???!!! A internet ainda não é gratuita para você? Do que você está falando???? Sinta o meu punho se fechando… o meu braço levantando…. E com toda a energia que eu tenho… Ouça o barulho da mesa a minha frente rachando ao meio… CHEQUE AS SUAS PREMISSAS!!!!!

Enquanto a INTERNET QUEBRAVA TUDO, em Seattle, a Microsoft Network desaparecia discretamente, sem alardes e sem fanfarras. Três anos depois, durante o lançamento do Windows 98, o ícone que não servia prá nada, desapareceu de vez, sendo substituido por um novo ilustre desconhecido, o Internet Explorer.

CHEQUE AS SUAS PREMISSAS!!!

As nossas mentes estão programadas mal e porcamente para fazer planos, não para questionar os nossos próprios preconceitos e paradigmas. É mais fácil dizer “Eu preciso de um plano”, do que CRANIAR “Por que eu preciso do plano?”. É mais fácil dizer, “Eu preciso de uma apresentação da empresa para poder visitar o Cliente”, do que CRANIAR “Por que o cliente precisa da apresentação?”. Antes de responder a um problema do dia-a-dia, CHEQUE AS SUAS PREMISSAS, pergunte-se: Por que eu penso assim? Por que eu acredito nesses preconceitos? Converse com você mesmo. Responda a essas perguntas para si mesmo.

CHEQUE AS SUAS PREMISSAS! REVEJA AS SUAS PREMISSAS!

Seja INTELIGENTE. Seja OTIMISTA. Seja POSITIVO.

Talvez você NUNCA consiga se livrar das suas premissas. Mas se você RECONHECER que elas existem, você pode mudar tudo.

NADA MENOS QUE ISSO INTERESSA!

QUEBRA TUDO! Foi para isso que eu vim! E Você?

Fonte: http://bizrevolution.typepad.com/bizrevolution/2006/06/cheque_as_suas_.html

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: